We preserve and appraise Madeira’s Documented Cultural Heritage.

Alexander Lamont Henderson

Available actions

Reader available actions

 

Alexander Lamont Henderson

Description details

Description level

Fonds   Fonds

Reference code

PT/ABM/ALH

Title type

Atribuído

Dates

1906  to  1906 

Descriptive dates

[Post. 1906-01-10]/[ant. 1906-04-24]

Dimension

31 diapositivos panorâmicos; 64 diapositivos estereoscópicos; 29 diapositivos simples

Holding entity

Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira

Producer

Henderson, Alexander Lamont. 1838-1907.

Biography or history

Alexander Lamont Henderson nasceu em Edimburgo, a 19 de agosto de 1838 e faleceu a 5 de julho de 1907, na cidade de Bad-Nauheim, na Alemanha. Foi sepultado em Norwood, segundo notícia publicada no "The British Journal of Photography", de 12 de julho 1907.

Casou com Christina McKenzie, a 10 de junho de 1855 em Edinburgo. Residiram em South London até 1898, quando se mudaram para Westmoor Hall. Tiveram uma filha, Thomasina, nascida em 1857 e que casou, em 1882, com William Lewis Gray.

Possuiu estúdios em Londres, na King William Street, em Londres, e em Amersham. Foi membro da Royal Photographic Society, de Inglaterra, membro fundador da London & Provincial Photographic Society, e foi-lhe concedido o título de fotógrafo real, pela raínha Victória, que manteve até à morte desta soberana, em 1901. Como fotógrafo, dedicou-se a dois tipos de fotografia: fotografia oficial, que compreende fotos da Família Real, nomeadamente da rainha Victória (fotos em porcelana para broche) e fotografia comercial, para venda, optando pelos diapositivos.

Alexander Lamont Henderson viajava muito, tanto como fotógrafo real, como em viagens turísticas, e visitou países como a França, a Espanha, a Austrália, o Egipto, a Turquia, Portugal, etc., captando imagens em todos os locais que percorreu. A visita à Madeira, de que trata este fundo, enquadra-se nas suas viagens turísticas.

Custodial history

Após a morte de Alexander Lamont Henderson, em 1907, todo o seu trabalho foi doado ao "London Guildhall Museum", com exceção de um conjunto de imagens designadas como "Holiday Snaps" que ficou na posse do seu neto William Henderson-Gray. Durante a Segunda Guerra Mundial, em 1942, uma bomba atingiu o "London Guildhall Museum", destruindo, por completo, o seu conteúdo, fazendo com que o conjunto de imagens em posse do seu neto ficasse, segundo parece, como a que continha os únicos exemplares do trabalho de Alexander Lamont Henderson.

Com a morte de William Henderson-Gray, em 1949, a sua viúva passa este conjunto de imagens para a posse de F. C. Guilmant. A empresa Island Hotel (Madeira) Limited, proprietária do Reid's Hotel, através do seu Presidente do Conselho de Administração, Mr. Richard Blandy, adquiriu à firma "Deeworth Limited" os diapositivos respeitantes à Madeira, ao abrigo da Lei do Mecenato, e doou-os ao Governo Regional da Madeira, a 5 de setembro de 1988, sendo, nessa mesma data, incorporados no Photographia Museu Vicentes.

Em 23 de Junho de 2016, este fundo, juntamente com todo o acervo fotográfico do Photographia Museu Vicentes, foi depositado no ABM, a fim de garantir melhores condições de conservação.

Acquisition information

Doação ao Governo Regional da Madeira, através do Photographia Museu Vicentes, pela empresa Island Hotel (Madeira) Limited, proprietária do Reid's Hotel, através do seu Presidente do Conselho de Administração, Mr. Richard Blandy, em 05 de setembro de 1988.

Depósito no Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira em 23 de junho de 2016.

Scope and content

Esta coleção é constituída por 124 diapositivos, em suporte de vidro: 29 simples, 30 panorâmicos e 65 estereoscópicos. Têm um vidro de proteção do lado da emulsão. Os dois vidros estão unidos, pelos bordos, com uma fita de papel preta. Foram acompanhados por uma lista descritiva, feita originalmente por Alexander Lamont Henderson, com um número atribuído pelo colecionador, de forma sequencial.

Este fundo foi acompanhado, desde a sua incorporação no PMV, de mostruários impressos das fotografias, sendo, um deles, da totalidade das imagens e, outros, para cada tipo de diapositivos (simples, panorâmicos e estereoscópicos). Foi, também, acompanhado de cópias dos diapositivos, em negativos de película de 35mm, monocromáticos. Posteriormente, o PMV efetuou novas cópias, em negativos de película, de 13 x 18 cm., monocromáticos.

As imagens deste fundo foram captadas entre 10 de janeiro de 1906, data da chegada de Alexander Lamont Henderson à ilha da Madeira, e 24 de abril de 1906, data da sua partida.

Durante este período, esteve hospedado no Bella Vista Hotel, como é possível confirmar pela consulta do jornal Diário de Notícias que, semanalmente, publicava os nomes dos hóspedes dos hotéis.

Antes da sua chegada, no dia 7 de janeiro, tinha-se dado o motim popular que levou à invasão do Lazareto de Gonçalo Aires, sob a direção clínica do Dr. António Balbino do Rego, e à “libertação” dos doentes ali internados e isolados. Como consequência, foi enviado para o Funchal o cruzador D. Carlos, que chegou no dia 10 de janeiro, e aí ficou estacionado, para auxiliar à manutenção da ordem pública, até o dia 11 de fevereiro. Durante esse período, uma força do cruzador ficou aquartelada no palácio de São Lourenço.

A 18 de janeiro, uma comunicação de que o vapor São Miguel não viria à Madeira, devido ao estado sanitário da ilha, levou a uma movimentação de protesto, iniciada na Associação Comercial do Funchal, e que se estendeu à população, gerando ajuntamentos de pessoas na Entrada da Cidade.

A 29 de janeiro chega à Madeira o novo Governador Civil do Distrito, capitão de engenharia João Soares Branco, motivando a sua chegada uma aglomeração de curiosos no cais e na Entrada da Cidade.

No dia 1 de fevereiro o Governador Civil foi a bordo do cruzador D. Carlos I retribuir a visita que o comandante lhe havia feito no dia anterior. Circulou, então, um boato de que o objetivo dessa visita era o de trazer para terra o Dr. António Balbino do Rego, que se encontrava no cruzador, levando a que, no cais e nos seus arredores, se juntasse um grande número de população.

Alguns destes acontecimentos, ou o resultado deles, parecem ter sido captados por Alexander Lamont Henderson nas suas imagens da cidade do Funchal, nomeadamente na praia, no cais, na Entrada da Cidade e no palácio de São Lourenço.

Também podemos observar alguns dos locais citadinos mais visitados, na época, pelos turistas, bem como de percursos turísticos então realizados, como seja, o passeio ao Pequeno Curral, ao Grande Curral e a Câmara de Lobos.

Arrangement

À data do depósito, o arquivo encontrava-se organizado por tamanho de suporte, e com uma numeração sequencial em função desses tamanhos, iniciando-se nos diapositivos simples, passando aos estereoscópicos e panorâmicos e, finalmente, os diapositivos partidos. Esta organização não teve em consideração a existência de uma numeração prévia do colecionador, cujas imagens, segundo uma nota daquele, na altura da incorporação no PMV, se encontravam como tinham sido recebidas da família de Alexander Lamont Henderson e com as descrições do fotógrafo.

Tendo esse facto em consideração, o fundo foi agora organizado segundo critérios temáticos, respeitando a sequência de imagens do colecionador, o que permitiu definir as 3 secções e respetivas séries e recuperar percursos realizados por Alexander Lamont Henderson, na ilha da Madeira.

O fundo PT/ABM/ALH está organizado em três secções: 1. PT/ABM/ALH/A - Desembarque e hospedagem, que se encontra dividida em 3 séries; 2. PT/ABM/ALH/B - Percursos na cidade do Funchal, que se encontra dividida em 9 séries; 3. PT/ABM/ALH/C - Percursos turísticos, que se encontra dividida em 4 séries.

Access restrictions

Comunicável. O fundo está disponível ao público em formato digital.

Conditions governing use

Reprodução para exposição, publicação e utilização comercial mediante autorização do ABM. Em todas as imagens serão obrigatoriamente referenciados os respetivos créditos, segundo o Regulamento Geral de Acesso e Reproduções do ABM.

Other finding aid

Disponível apenas o presente catálogo - Alexander Lamont Henderson: instrumentos descritivos, 2016 (idd n.º 149)

Notes

Abreviaturas e acrónimos:

ABM - Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira

ALH - Alexander Lamont Henderson

Cx. - Caixa

DN - Diário de Notícias

PMV - Photographia Museu Vicentes