We preserve and appraise Madeira’s Documented Cultural Heritage.

Bazar do Povo, Funchal

Available actions

Reader available actions

 

Bazar do Povo, Funchal

Description details

Document not available to perform requests.

Description level

Section   Section

Reference code

PT/ABM/BPI-ARM-DRAC/A

Title type

Atribuído

Biography or history

Fundado a 19 de maio de 1883, por Henrique Augusto Rodrigues, e tendo como primeira sede um prédio no largo do Chafariz, o estabelecimento "Bazar do Povo" foi responsável pela edição de um grande número de postais, incluindo álbuns com base em fotografias de João Anacleto Rodrigues (1869-1948), fotógrafo e sócio da empresa. Esses álbuns denominados de "Souvenirs of Madeira" eram editados a preto e branco, a sépia e a cores, sendo a impressão destes últimos realizada na Alemanha. A maioria das imagens vendida em postais, álbuns, ou fotografias panorâmicas apresentavam a sigla B.P. (abreviatura da denominação da Loja Bazar do Povo), uma legenda e um número de registo que correspondia ao número do negativo.Alguns negativos possuíam na borda de vidro somente o número, outros, provavelmente os selecionados para edição, apresentavam a emulsão raspada na parte inferior esquerda onde era colocado o número e a legenda.João Henriques de Araújo (1896-1990) teria um papel preponderante no desenvolvimento comercial da loja "Bazar do Povo". Genro de João Anacleto Rodrigues (1869-1948), João Henriques de Araújo (1896-1990), também ele um exímio fotógrafo, dedicou-se à modernização da secção de Tipografia, passando alguns dos postais editados pela loja a serem impressos na própria empresa.Alguns dos postais editados apresentam imagens de propriedades dos donos do estabelecimento Bazar do Povo, e até mesmo de alguns dos seus familiares.A loja ‘Bazar do Povo’ manteve-se sob a gestão da família de Henrique Augusto Rodrigues até 1995, ano em que foi adquirida pelo grupo SÁ.

Language of the material

Português