Salvaguardamos e valorizamos o património documental da Região.

Plano de classificação

Ribeira de Santa Luzia (vista jusante/montante) ladeada pela rua do Príncipe e rua da Princesa (atuais rua 5 de Outubro e rua 31 de Janeiro), Freguesia da Sé, Concelho do Funchal

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Representação digital

Ribeira de Santa Luzia (vista jusante/montante) ladeada pela rua do Príncipe e rua da Princesa (atuais rua 5 de Outubro e rua 31 de Janeiro), Freguesia da Sé, Concelho do Funchal

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Ribeira de Santa Luzia (vista jusante/montante) ladeada pela rua do Príncipe e rua da Princesa (atuais rua 5 de Outubro e rua 31 de Janeiro), Freguesia da Sé, Concelho do Funchal

Detalhes do registo

Identificador

548648

Nível de descrição

Documento simples   Documento simples

Código de referência

PT/ABM/JAS/O/001-003/000011

Tipo de título

Atribuído

Título

Ribeira de Santa Luzia (vista jusante/montante) ladeada pela rua do Príncipe e rua da Princesa (atuais rua 5 de Outubro e rua 31 de Janeiro), Freguesia da Sé, Concelho do Funchal

Outros títulos

Título do fotógrafo: "Ribeira de Santa Luzia e Ponte Nova"

Datas descritivas

Entre 1897 e 1899-05

Dimensão

10,7 x 16,4 cm

Extensões

1 Negativo estereoscópico

Técnica de captação

Âmbito e conteúdo

Perspetiva obtida da ponte do Bettencourt.Ao fundo, ao centro, observam-se a ponte do Bom Jesus e a ponte Nova e à esquerda a antiga residência do cônsul inglês Henry Veitch (atual Instituto do Vinho da Madeira). Na ribeira, veem-se diversas mulheres a lavar roupa.

Cota atual

Cx. 12, n.º 26

Nº de inventário

JAS/318

Idioma e escrita

Português.

Notas

Data atribuída por se observar um candeeiro de iluminação elétrica, cuja inauguração na cidade do Funchal foi em 1897.

Notas do arquivista

TítuloBibliografia utilizada em "Datas" e "Notas" Data2019-07-30 ArquivistaZélia Dantas Nota do arquivistaGUERRA, Jorge Valdemar, 2010, Funchal: breve cronologia 1419-1976, Funchal, Secretaria Regional de Educação e Cultura/ Direção Regional dos Assuntos Culturais, p. 185.