Salvaguardamos e valorizamos o património documental da Região.

Paróquia de Machico

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Paróquia de Machico

Detalhes do registo

Informação não tratada arquivisticamente.

Identificador

47509

Nível de descrição

Fundo   Fundo

Código de referência

PT/ABM/PMCH03

Código da entidade detentora

ABM

Código do país

PT

Tipo de título

Formal

Título

Paróquia de Machico

Datas

1622  a  1911 

Dimensão

353 liv.

Suporte

Entidade detentora

Arquivo e Biblioteca da Madeira

Produtor

Paróquia de Machico

História administrativa/biográfica/familiar

Sede da capitania do mesmo nome, o lugar de Machico foi logo no primeiro quartel do século XV transformado em paróquia e elevado à categoria de vila pelos anos 1450. A nova paróquia estabeleceu-se na capela de Nossa Senhora da Conceição, fundada pelo próprio capitão donatário Tristão Vaz. O Índice do Registo Geral da Provedoria Real Fazenda informa que o padre João Garcia foi o primeiro eclesiástico enviado pelo prior de Tomar à capitania de Machico pelos anos de 1450 a «ffim de exercitar as obrigaçoens parrochiaes». A igreja matriz foi colejiada composta por por um vigário com púlpito, cura (criado por alvará de 5 de novembro de 1576), seis beneficiados, tesoureiro e organista ( criado a 27 de novembro de 1549). A actual igreja paroquial parece ter sido construida nos últimos anos do XV. Um diploma de 10 janeiro de 1630 ordena que cessem as obras da matriz foi rendimento da imposição de Machico e de Santa Cruz seja aplicado na fortificação da ribeira da vila de Machico. Neste tempo destacamos, para além da capela-mor, as ricas capelas de São João Batista e dos Reis Magos, instituídas, respetivamente, pelo 2º capitão donatário Tristão Teixeira e por D. Branca Teixeira, sua irmã.

História custodial e arquivística

Incorporações no Arquivo Regional da Madeira em 8 de setembro de 1932; 9 de dezembro de 1934; 29 de julho de 1980; 11 de julho de 1990; 10 de novembro de 1994 (duplicados); 25 de maio de 2007; 30 de janeiro de 2008; 1 de março de 2011.

Âmbito e conteúdo

Livros de registo de batismos, casamentos, óbitos e crismados.

Idioma e escrita

Português.

Instrumentos de descrição

Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira, Catálogo dos registos paroquiais, 2012 (idd n.º 57).

Notas

O número total de unidades de instalação contabilizadas no elemento de informação Dimensão (no Fundo e nas séries de registo de batismos, casamentos e óbitos) compreende 156 livros duplicados de registo de batismos, casamentos e óbitos relativos aos anos de 1860 a 1911.Os registos de batismos e de casamentos de 1860 a 1911 não se encontram conferidos. Porém, optámos por disponibilizá-los para facilitar as pesquisas aos nossos leitores. Caso detete alguma incorreção, por favor informe-nos através do email site.abm.sretc@madeira.gov.pt